DE-PU-TA-DA

Teoricamente vivemos em um Estado Laico. Teoricamente. Durante o fim de semana rodou um vídeo onde a ex-atriz e atual apresentadora e deputada estadual Myrian Rios (PDT-RJ) se manifesta contra a PEC 23, que visa acrescentar orientação sexual no rol das vedações a discriminação da Constituição do Estado do Rio de Janeiro, bem como o racismo e a intolerância religiosa. A deputada diz-se não-homofóbica, porém, diz claramente que não gostaria de empregar um funcionário homossexual. Vale ressaltar que Myrian Rios, eleita pelo excesso de votos do também apresentador Wagner Montes, é missionária e fervorosa integrante do movimento da Renovação Carismática. Palavras de Myrian Rios:

Não sou preconceituosa e não discrimino. Só que eu tenho que ter o direito de não querer um homossexual como meu empregado, eventualmente. Por exemplo, digamos que eu tenha duas meninas em casa e a minha babá é lésbica. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso. O direito que a babá tem de querer ser lésbica, é o mesmo que eu tenho de não querer ela na minha casa. São os mesmos direitos. Eu vou ter que manter a babá em casa e sabe Deus até se ela não vai cometer pedofilia contra elas, e eu não vou poder fazer nada”, disse. “Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra”, completou, sem esquecer de citar passagens bíblicas e pedir que o Espírito Santo de Deus jogue fogo santo naquela câmara laica.

Ironia é uma integrante da Igreja Católica, onde registramos os mais hediondos casos de pedofilia, generalizar os homossexuais como pedófilos latentes. E, partindo do princípio Myrian Rios de lógica, eu posso, caso queira, não contratar e não receber em minha casa negros ou religiosos, por exemplo, afinal, eles poderiam eventualmente ensinar coisas que não quero aos meus filhos. O perigo que seria eu contratar uma babá católica, por exemplo. Ela ensinaria aos meus filhos coisas que eu não concordo e eu acho que tenho o direito de ser preguiçoso e não explicar certas coisas aos meus filhos e culpar sempre a babá por isso. Eu também tenho o direito de negar emprego a um negro. Não tenho um motivo claro, mas se Myrian Rios acredita estar no direito de demitir ou não contratar um homossexual pelo simples fato de não ser da mesma orientação sexual que a sua, eu posso barrar um negro por ser de uma etnia diferente da minha, não? E como os direitos devem ser iguais para todos, não deve existir qualquer problema em agredir uma mulher fisicamente, afinal, ela é uma pessoa como qualquer outra e essa Lei Maria da Penha vai contra a constituição. Por que deveriamos proteger uma minoria?

A igreja católica e seus praticantes dizem-se contra a prostituição, mas a partir do momento que acreditam ser justificável demitir um funcionário ou não empregar alguém por sua sexualidade, abrem as portas para tal prestação de serviços. Uma grande parcela de travestis e transexuais enveredam pela prostituição não pelo prazer, mas pelo preconceito, por ser a última alternativa de sobrevivência com o mínimo de dignidade. Enquanto deixarmos que religiões interfiram no Estado, estaremos presos ao século XV e jamais seremos um país que valoriza os direitos humanos. Associar a pedofilia, uma prática abominável e criminosa a qualquer forma de sexualidade é algo que nos remete a quão retrógrada está a mentalidade dos nossos representantes. Em um ano em que a ONU coloca a homofobia como uma das bandeiras a serem combatidas no mundo o Brasil vai na contra-mão da sociedade e massacra novamente uma parcela da sociedade, como fez tantas outras vezes. Se for por estastísticas, senhora Myrian Rios, existe muito mais risco de um heterossexual ser pedófilo do que um homossexual, face que quase 80% dos casos de pedofilia no mundo são praticados por pessoas exclusivamente heterossexuais. Julgar uma pessoa unicamente pela sua sexualidade seria o mesmo que menosprezar um funcionário por ser negro ou oriental, desqualificando totalmente o seu currículo. O que queremos é uma sociedade justa para todos. Um mundo sem diferenças. Por que um evangélico pode denunciar abusos contra sua fé (algo que ele escolheu, pois sim, religião é um escolha diferentemente da sexualidade que não importando qual seja, é algo inerente ao ser humano, ou seja, nasceu assim)? Com linhas de racionício tão ultrapassadas muito em breve o negro não terá mais alma, a mulher deverá voltar a submissão e o diferente será queimado em nome de Cristo. Cristo este que hoje deve estar pensando: vocês estão fazendo tudo errado. Exatamente o contrário do que preguei.

Anúncios

Comentários em: "Myrian Rios, PEC 23 e Pedofilia" (24)

  1. Sinceramente, penso que, para exercer uma função Legislativa, deveria-se ter, no mínimo, senso crítico. Na fala dela, é notável que ela não o tem. Mal deve saber qual é a real função de um Deputado. Não é, com certeza, dar a opinião pessoal dela em qualquer projeto de lei. O que deveria ser feito é analisar o projeto à luz do Direito e da Sociedade Democrática que, dizem, vivemos.
    Outrora atriz, agora fez um papel feio e preconceituoso. O pior de tudo é saber que tem quem pense como ela.
    De maneira alguma esta senhora me representa. Pelo contrário, sinto vergonha por ela.

  2. Madrasta do texto ruim disse:
  3. Laila disse:

    Eu acho q o governo deveria fazer uma cartilha explicando as diferenças entre homossexualidade e pedofilia,pq tá tenso o negócio!!!!!

    • Laila, seu comentário foi o melhor, acho que está certissima, pelo visto, eles realmente não sabem a diferença! =/

  4. Renovação Carismática Católica = Evangélicos. #fato

  5. Carol disse:

    eu acho que a moça não deve contratar ninguém pra trabalhar na casa dela. os limites da inteligência dela não permitiram o entendimento do que é um pedófilo.seira bom que ela economizasse em motorista e babá para fazer um bom tratamento neurológico. ou mesmo uma lobotomia. medo dessas pessoas.

  6. Mandou bem! Curti seu blog! Total equivocada essa mulher.

  7. mulher disse:

    PENSO QUE TEM FAZER AS COISAS CERTA, AONDE NAO PREJUDIQUE NINGUEM INDEPENDENTE DA OPÇAO SEXUAL, MAS QUE EXISTE GAY QUE ATE PAGA PARA MENINOS MENORES PARA FAZER SEXO COM ELES, AHH ISSO EXISTE. SO BUSCAR QUE TA CHEIO.

    • Assim como existem heterossexuais que fazem o mesmo ou até pior. E bem, se você sabe como isso funciona, já deve ter buscado e isso já é crime.

  8. Seguindo a lógica Myrian Rios, só vou contratar babás pós-graduadas (no mínimo) e bilíngues. Não quero que meus filhos aprendam a falar errado… patético não?
    Aliás, cara deputada, aprenda: homossexualidade não é doença, não é desvio de caráter, não é crime, nem tampouco negação do passado (como, aliás, muitos dos religiosos de hoje, escondem/esquecem aquilo que fizeram na juventude, não é Deputada?)
    Ao meu ver, toda essa discussão é ridícula e desnecessária, típico de mentalidades tacanhas. Bastava colocar uma coisa na cabeça: TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI. Homossexuais, heterossexuais, brancos, negros, ricos, pobres, homens, mulheres, antes de mais nada somos todos CIDADÃOS e por isso, SUJEITOS DE DIREITO! Ponto!!!

  9. Carol disse:

    Sinceramente!!!! Que merda é esta????? Rídicula… Ele teve embasamento em qual teoria, rsrsrsrsrsrsrsr

  10. mariana disse:

    Eu concordo com ela, eu não contrataria um homem pra tomar conta da minha filha de 11 anos, estou sendo preconceituosa contra os homens ou heterofóbica, você contrataria? da mesma forma não contrataria uma mulher lésbica..em ambos os casos estou no meu direito de escolher o que é mais seguro pros meus filhos…

    • e olha, jamais, em tempo algum, corra o risco de contratar uma mulher para cuidar de um bebe ou uma criança do sexo masculino, a não ser que vc tenha certeza que ela não é heterossexual… pq já viu né! Mulher hétero gosta de penis… dai é so fazer 2+2 e claro, o resultado é: pedofilia! Afinal, ela jamais resistiria a algo que ela gosta tanto, ainda que seja em miniatura! Vc tem meu apoio: DEMISSÃO JÁ PARA TODAS AS BABÁS HETEROS QUE CUIDAM DE MENINOS!!!

      • mariana disse:

        É comprovado que a maioria dos pedófilos e estupradores são do sexo masculino, não inventei isso basta ler jornais, dificilmente se ouve falar de casos de mulheres pedófilas embora existam , como não sei que características uma mulher homossexual tem com os homens(se alguem souber me informe) além do desejo por mulheres prefiro não arriscar, já que é das minhas filhas que estou falando….quem é mãe ou pai sabe do que estou falando..todo cuidado é pouco.

        • Assim como existe homens e mulheres heteras que pagam para meninos e meninas menores, ou vai dizer que uma mulher hetera não banca meninos para manter relação com elas, para se sentirem jovens, meu irmão foi assediado quando tinha 15 anos por uma mulher de 33 anos mais ou menos, ela iria bancar ele em tudo, e ai, me responda ? Maioria dos pedófilos minha jovem, é tudo hetero, e como me diz? Tenha dó, isso é uma maneira de vc se iludir que o mundo é belo.

      • antonio disse:

        gênio!

  11. Alexandra disse:

    Lamentável o discurso, sem sombras de dúvida. O fato é que a deputada não conseguiu entender o texto da lei, o que é, no mínimo, constrangedor. Confundiu o ato de demitir um funcionário com a opção sexual do mesmo, horrível. O fato é que podemos, inclusive, demitir um funcionário sem justa causa, sem motivo. Pensemos: contrato uma babá, não tenho mais como mantê-la, se ela for homossexual terei que continuar com o contrato, mesmo não pondendo pagá-la? Claro que vou demiti-la. Que não seja por esse motivo, mas que eu não queira mais continuar com o contrato, eu poderia demiti-la do mesmo jeito, desde que eu cumpra com todas as exigências TRABALHISTAS para a demissão. Que absurdo esse discurso, ilógico, incoerente. Valeria à pena uma pesquisa, saber se a deputada sempre honrou com seus deveres trabalhistas perante seus empregados, assinou carteira, recolheu INSS, pagou 1/3 de férias, 13º e tudo mais.

  12. Frent disse:

    esta deputada é anencefala. não consigo acreditar que lendo a PEC não conseguiu interpretar nada. não suficiente, ela compara o seu direito ao direito de não discriminação, basta perceber que ela pertence a um grupo privilegiado da sociedade que é Branco, Heterossexual e também pertencente a uma classe social legal resumindo, todos os direitos para este grupo e nada para os outros grupos que ficam na marginalidade sendo totalmente discriminados, o pior é que ainda existe pessoas que votam neste tipo de gente; realmente desejo que Deus a perdoe.

  13. Danilo disse:

    democracia é isso aí! é o espelho da sociedade

  14. Alexandra disse:

    Às vezes fico pensando, realmente estamos em estado primitivo. Infelizmente precisamos de uma lei que proíba a homofobia, quando na verdade não deveríamos ser homofóbicos naturalmente. Precisamos de assento diferenciado no metrô, quando na verdade todos deveriam ser da mesma cor e as pessoas, naturalmente, se levantassem quando uma pessoa idosa, gestante ou deficiente necessitar daquele lugar. Bem, a lei, muitas vezes, protege a gente da gente mesmo. Incrível. Daí, chega uma pessoa, que se diz católica, eu incluiria “fervorosa”, interpreta às avessas o texto legal, sai falando esse monte de “m” e fica tudo por isso mesmo. Penso, ainda, no que me atrapalha a opção sexual alheia? Se um casal gay casa, ou não? Eu diria que em nada, pq eu optei em constituir uma família, em ser heterossexual e não ser homofóbica. Pq liberdade significa isso, a livre escolha, inclusive opção sexual. Gente, como esse assunto me irrita, a impressão que tenho é que estamos regredindo tudo que avançamos com muito sacrifício. É João, Brizola deve estar se revirando mesmo no túmulo.

  15. Pois é meu povo, todo mundo da bancada evangélica pertence ao partido PR, que era o antigo PL e mudou para PR depois do escândalo do mensalão. Engraçado que esta saindo varias matérias sobre a corrupção

  16. Renata disse:

    Entao ela nao pode contratar ninguem. Pq se ela tem duas meninas em casa, um motorista pode bulinar as meninas dela. Se ela tem um filho, a empregada pode ser uma pedófila também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: